16 de setembro de 2013

UM DIA APÓS O OUTRO

Pra começar, cada coisa em seu lugar, e nada como um dia após o outro. Por que apressar? Se nem sabe onde chegar, correr em vão se o caminho é longo. Quem se soltar, da vida vai gostar. E a vida vai gostar de volta em dobro. E se tropeçar, do chão não vai passar. Quem sete vezes cai levanta oito. Julga saber e esquece de aprender, coitado de quem se interessa pouco. E quando chorar, tristeza pra lavar num ombro cai metade do sufoco. O novo virá pra re-harmonizar. A terra, o ar, água e o fogo. E sem se queixar, as peças vão voltar pra mesma caixa no final do jogo. Pode esperar, o tempo nos dirá que nada como um dia após o outro. O tempo dirá, o tempo é que dirá. E nada como um dia após o outro.


Esse texto é na verdade a letra de uma música do Tiago Iorc, música essa na qual sou apaixonada. Uma letra bem digna... Adoro as canções dele. Se alguém se interessar em escutar aqui está o link dela. Beijos!!



Me acompanhe também nas redes sociais:



Blog Widget by LinkWithin

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Amei o seu blog,
    Estou seguindo e se puder me segue.
    Siga a minha fan Page que está em baixo do lookbook.
    http://meuestiloe.blogspot.com.br/
    Beijos ♥

    ResponderExcluir